assine

Newsletter

a aa
24 07

Entenda sobre a doença da raiva em animais

Publicado em 24 de Jul de 2017 por Victoria Bassi Comentar

Atente-se a prevenção, já que a doença da raiva pode levar o bichinho, e até humanos, à óbito. Confira o que diz a especialista

Texto Victoria Bassi | Foto Shutterstock


O início das campanhas de vacinação contra a raiva começam no mês de agosto. Portanto, esse é o momento ideal de levar os pets para receberem a dose anual da vacina, garantindo a proteção deles e de toda família.

Daniela Baccarin, médica veterinária membro da COMAC (Comissão de Animais de Companhia) tirou algumas dúvidas sobre a doença: 

O que é a raiva?

A raiva é uma zoonose infecciosa aguda causada por um vírus e compromete o sistema nervoso central.

 

Como os animais contraem a doença?

Os cães e gatos podem contrair a doença pelo contato com ratos ou morcegos e, uma vez infectados, facilmente transmitem aos humanos pela saliva e arranhões, sendo a mordida a forma mais comum da transmissão.

 

Quais são os sinais da doença?

Nos animais, provoca comportamento agressivo, dilatação das pupilas, hipersalivação, dificuldade para engolir, irritação, alteração na forma de andar natural,  contrações musculares faciais  e paralisia dos membros.

 

Há algum tratamento?

Não. A prevenção é a única maneira de combater a raiva, e ela é feita através da vacinação periódica. É recomendado que os animais sejam vacinados anualmente, a partir do quarto mês de vida, e que estejam saudáveis, para que a imunização seja realmente efetiva.

 

É muito importante manter visitas regulares ao médico veterinário e a vacinação em dia e, caso observe algum comportamento diferente nos animais, consultar um especialista é imprescindível, já que a doença pode levar a vítima ao óbito, enfatiza a veterinária. 

 

Comente!