assine

Newsletter

22 03

Meus cachorros ficam alucinados quando vêm outros cães no passeio. O que fazer?

Publicado em 22 de Mar de 2017 por Raíssa Jorgenfelth Comentar

Recebemos a dúvida de uma leitora sobre o que fazer para acalmar seus cachorros na hora do passeio. Vem ver a resposta do especialista

 

Texto: Raíssa Jorgenfelth  | Foto: Shutterstock 

Seu cachorro não sabe muito bem como se comportar fora de casa ou na hora do passeio? Confira algumas dicas que podem te ajudar:

“Tenho 2 Lhasa Apso machos que foram criados em um lote grande, com bastante espaço para eles. Agora mudei para um apartamento e quando saímos com eles para fazerem as necessidades, eles se comportam bem até verem outros cachorros. Então ficam alucinados! Latindo muito e querendo avançar. É muito estressante e cansativo, pois forçam muito as coleiras. O que fazer?”  Janet Buarque, via Facebook

 

Parece que seus cães tiveram pouca interação com outros cães no passado e, neste momento, quando entram em contato com cães na rua, não sabem muito bem como se comportar (‘falar’ com os amigos). Ou não identificam estes ‘novos’ cães como algo que faz parte da sua rotina de vida. Pode ser um misto entre excitação, curiosidade e medo.

 

Algumas dicas:
1. Leve seus cães para passear em horários que a probabilidade de encontrar outros cães seja baixa; 

2. Faça um trabalho de dessensibilização, oferecendo algo apetitoso, de forma que eles associem a presença de um novo cão a uma coisa boa (isto deve ser feito antes deles apresentarem a reatividade);
3. Aumente a atividade mental e física deles, pois podem estar pouco adaptados na nova casa. 

 

 

Recomendações:
1. O acompanhamento de um adestrador profissional que trabalhe exclusivamente com reforço positivo neste momento pode te ajudar (jamais use borrifador de água, trancos em guia ou latinhas barulhentas);
2. Não force a barra com seus dois amigos. Eles cresceram sem estímulos da rua e vivendo apenas na companhia um do outro. Fazer novos amigos pode não ser tão fácil para eles.

A mudança precisa ser gradual. Te desejo sucesso.

 

  *Quem responde: Renato Zanetti é formado em zootecnia pela UNESP  – Botucatu. É especialista em comportamento animal e está à frente  da Dog Solution, uma creche modelo para cães urbanos desde 2010.

 

 

 

 

 

Parece que seus cães tiveram pouca interação com outros cães no passado e, neste momento, quando entram em contato com cães na rua, não sabem muito bem como se comportar (‘falar’ com os amigos). Ou não identificam estes ‘novos’ cães como algo que faz parte da sua rotina de vida. Pode ser um misto entre excitação, curiosidade e medo. 

Algumas dicas: 1. Leve seus cães para passear em horários que a probabilidade de encontrar outros cães seja baixa; 2. Faça um trabalho de dessensibilização, oferecendo algo apetitoso, de forma que eles associem a presença de um novo cão a uma coisa boa (isto deve ser feito antes deles apresentarem a reatividade); 3. Aumente a atividade mental e física deles, pois podem estar pouco adaptados na nova casa.

Agora, duas recomendações que valem a pena: 1. O acompanhamento de um adestrador profissional que trabalhe exclusivamente com reforço positivo neste momento pode te ajudar (jamais use borrifador de água, trancos em guia ou latinhas barulhentas); 2. Não force a barra com seus dois amigos: eles cresceram sem estímulos da rua e vivendo apenas na companhia um do outro. Fazer novos amigos pode não ser tão fácil para eles.
 

A mudança precisa ser gradual. Te desejo sucesso

Comente!