Newsletter

a aa
12 07

Benefícios da alimentação natural ao pet

Publicado em 12 de Jul de 2017 por Victoria Bassi Comentar

Muitos tutores ainda têm dúvidas entre o que oferecer ao pet: ração ou uma alimentação caseira. Confira o que alguns estudos comprovaram e o que diz a especialista

Texto Victoria Bassi | Foto Shutterstock 

Cada vez mais pessoas estão questionando se a melhor opção é oferecer ao pet ração ou uma comida natural. Diante da dúvida, surgiram estudos científicos baseados em grupos controle e observações experimentais, que concluíram que a alimentação natural é mais saudável para os cães, o que gera uma longevidade maior.

Segundo Flávia Engles, veterinária e proprietária da Riviera dos Cães, uma dieta caseira oferece diversos benefícios, dentre eles a maior presença de água (umidade), o que facilita a digestão dos alimentos, o trabalho dos rins e do intestino, reduz a queda de pelos e torna a pelagem mais macia e brilhante. “Além disso, a ração contém aditivos químicos, como por exemplo conservantes e corantes, que são prejudiciais à imunidade e à função hormonal dos cães”, destaca.

Inclusive, as rações estão associadas ao desenvolvimento de alergias e tumores, portanto incluir alimentos diferentes reduz o risco de intolerância e alergia alimentar, já que há uma variação de ingredientes, como observou Flávia.

A alimentação natural melhora a saúde de maneira geral, dando mais disposição para o animal, aumentando a resistência natural a parasitas, doenças e ainda produzindo uma diminuição notável em quadros de vômitos, diarreia, otites e alergias quando causados por consumo de ração seca. “É importante entrar em contato com um veterinário nutricionista para calcular a quantidade de nutrientes, vitaminas e minerais na nova dieta”, lembra.

“Além dos alimentos permitidos, é preciso ficar atento às restrições, como por exemplo: chocolate, macadâmia, frutas cítricas, carambola, massas cruas, cebola, alho, uva, passas, sementes de maçã e pera”, finaliza Flávia.

 

Comente!